“Ao abrir esse livro, esteja preparado para viajar, conhecer histórias e as percepções de vida de quem nasceu numa terra tradicional e se jogou no mundo para mudar a si mesma, e descobrir o propósito do seu próprio caminho. “Moscas no Labirinto” nos faz refletir sobre temas do nosso tempo, mas acima de tudo, voltar a pensar nos dias e cheiros da nossa infância.”

Felipe Suhre (repórter da TV Globo)